O que passar no pão?

16 de maro de 2017 | - Pra Viver Bem - Fitness

O que passar no pão?Por Bárbara Ribeiro

O pãozinho nosso de cada dia pode ganhar acompanhamentos muito mais saudáveis e saborosos do que a manteiga e a margarina. Embora sejam tradicionais e favoritas nas mesas brasileiras, ambas têm o seu lado de vilãs.
É grande a variedade que encontramos hoje em dia nos supermercados para passar no pão ou em torradas, mas nem sempre são opções saudáveis, ou então fica difícil encontrar alguma novidade.
Segundo a nutricionista Fracine Dias (CRN-14126), “A manteiga é rica em gordura saturada, consumida em excesso, aumenta o risco de doenças cardiovasculares e contribui para a inflamação do organismo”. afirma.
Mesmo assim, ela ainda é melhor que a margarina. “A manteiga é rica em ácido butírico, que ajuda a prevenir o câncer intestinal, e também é fonte de vitamina”, comenta a nutricionista. Já a margarina, segundo a nutricionista, não contém nenhum nutriente. “Devido à sua estrutura, não é reconhecida pelo corpo como alimento”. Ela explica que a margarina é produzida artificialmente, por meio do processo de hidrogenação de óleos vegetais, para ficar sólida.

Este processo acaba formando as temíveis gorduras trans, que favorecem o aumento da síntese de colesterol, devido à inibição de algumas enzimas no fígado, por isso a nutricionista não recomenda o seu consumo.
Uma alternativa  bem saudável são os cremes e pastas vêm sendo lançadas no mercado. A pasta de amendoim já virou febre no Brasil, por ser rica em gordura boa, baixa em carboidrato e rica em proteína.


Mais ainda nutritiva que a pasta de amendoim são as versões feitas com outras oleaginosas, como amêndoas, macadâmia, castanha de caju e do Brasil. As oleaginosas em geral são excelentes fontes de vitaminas e minerais, além de ácidos graxos mono e poli-insaturados, fibras e aminoácidos, nutrientes essenciais para a manutenção da saúde. Diversos estudos já demonstraram benefícios com o consumo de oleaginosas, incluindo ação antioxidante e modulação dos níveis de colesterol, entre outros.

As pastas são 100% naturais, sem glúten, lactose, soja e amendoim sendo interessante o consumo para pessoas com intolerâncias e alergias.
De acordo com Francine, mesmo os produtos sejam bons para a saúde, é preciso consumi-lo sempre com moderação. “Antes de consumir esses produtos é preciso consultar um profissional, quanto à quantidade a ser consumida dessas pastas, visando o objetivo de cada um”, alerta.
 

Com qual pão eu vou? 

Para balancear a alimentação, escolha pães integrais e com baixo índice glicêmico, muitas fibras e pouco açúcar e gordura. A nutricionista sugere os pães e torradas que  sejam feitos com farinhas saudáveis como: farinha de coco, aveia, farinhas de amêndoas, farinha de banana verde, farinha de linhaça, amaranto e quinoa em flocos

Deixe seu comentário